sexta-feira, 19 de setembro de 2008

Características da Burocracia Segundo Weber


Para Max Weber a burocracia é a organização eficiente por excelência e, para conseguir eficiência, este modelo explica nos mínimos detalhes como as coisas deverão ser feitas.
1- Caráter legal das normas e regulamentos:
Normas e regulamentos são estabelecidos por escrito, definindo como a organização irá funcionar.
2- Caráter formal das Comunicações:
As regras e ações administrativas são registradas formalmente por escrito. Todas as ações e procedimentos são feitos para facilitar as comunicações e rotinizar o preenchimento de sua formalização.
3- Caráter racional e divisão do trabalho:
Divisão sistemática e racional do trabalho. Cada participante tem um cargo específico com funções específicas. Cada um deve saber com clareza qual a sua tarefa, sua posição hierárquica, seus direitos e poderes.
4- Impessoalidade nas relações:
As atividades são distribuídas impessoalmente, considerando os cargos e funções. As pessoas vêm e vão e os cargos continuam os mesmos.
5- Hierarquia da Autoridade:
Cada cargo inferior deve estar sob controle e supervisão de um posto superior. Todos os cargos estão dispostos em estrutura hierárquica com privilégios e obrigações devidamente definidos por regras.
6- Rotinas e Procedimentos padronizados:
A burocracia fixa regras e normas técnicas que regulam os ocupantes de cada cargo, cujas atividades são executadas de acordo com rotinas e procedimentos.
7- Competência Técnica e Meritocracia:
A burocracia utiliza critérios universais onde a escolha das pessoas se dá de acordo com o mérito e a competência técnica e não por preferências pessoais.
8- Especialização da Administração:
O dirigente da organização não é necessariamente o dono do negócio ou grande acionista da empresa, mas um profissional especializado na sua administração.
9- Profissionalização dos participantes:
Na estrutura burocrática cada participante é um profissional pois atende às seguintes características:
- É um especialista na tarefa que executa;
- É assalariado;
- É ocupante de um cargo;
- É nomeado pelo superior hierárquico;
- Seu mandato é por tempo indeterminado;
- Segue carreira dentro da organização;
- Não possui a propriedade dos meios de produção e administração;
- É fiel ao cargo e identifica-se com os objetivos da empresa.
10- Completa Previsibilidade do Funcionamento:
A conseqüência da burocracia seria, segundo Weber, a previsibilidade do comportamento de seus membros. Tudo na burocracia é estabelecido para prever antecipadamente todas as ocorrências e rotinizar sua execução para que a máxima eficiência do sistema seja alcançada.
Fonte: CHIAVENATO, Idalberto. Introdução à Teoria Geral da Administração.

7 comentários:

Marcela disse...

Ao observar o que é proposto pela teoria da burocracia de Weber podemos perceber o quanto o termo "burocrático" vem sendo empregado de maneira errada.

dorica garrido disse...

Pois é Marcela n deixas de ter razão

Gordon Chanda disse...

Tinha outra idea sobre este termo...

Francisco Alceu disse...

É burrocracia Brasileira, nao sabem assumir

Malu Aragão disse...

É sempre bom lembrar que Weber era um cientista social. Ele não elaborou uma proposta de organização administrativa mas um diagnóstico em uma sociedade que cada vez mais adotava relações do tipo societárias e que na busca por eficiência, previsibilidade e controle, se encontrava num processo de intensa burocratização das organizações!

Flavio Dks disse...

A burocracia ela sempre irá existir agora o capitalismo poderá se aproveitar dela .
Causando mal funcionamento

Flavio Dks disse...

A burocracia ela sempre irá existir agora o capitalismo poderá se aproveitar dela .
Causando mal funcionamento